Angola: Transportadora aérea angolana vai continuar na “lista negra” da União Europeia

18 March 2008

Bruxelas, Bélgica, 18 Mar – A União Europeia vai manter a transportadora angolana Taag na “lista negra” dos 27 pelo menos até Junho, apesar dos técnicos europeus terem “verificado progressos” para remediar problemas de segurança, afirmou segunda-feira em Bruxelas uma fonte comunitária.

A fonte não-identificada citada pela agência noticiosa portuguesa Lusa adiantou que a mensagem será transmitida às autoridades angolanas depois da reunião da Comissão de Segurança Aérea da União Europeia de 02 a 04 de Abril, que irá analisar os resultados da última missão a Luanda de peritos europeus, em meados de Fevereiro.

A fonte sublinhou que os progressos detectados não são ainda suficientes para permitir que os aviões da Taag voltem a voar para a Europa.

A mesma fonte considerou “positivo” o ambiente de cooperação entre europeus e angolanos, as novas regras de segurança que estão a ser postas em prática em Luanda e a nova lei de aviação civil do país, aprovada em Novembro passado.

Os europeus actualizam trimestralmente a “lista negra” das companhias de aviação proibidas de operar no espaço aéreo dos 27, devendo a próxima reunião realizar-se em finais de Junho ou princípios de Julho.

A 04 de Julho de 2007, Bruxelas anunciou a inclusão da Taag nessa lista, por motivos de falta de segurança, depois da Comissão de Segurança Aérea, uma semana antes, ter aprovado por unanimidade um decisão nesse sentido.

A “lista negra” da Comissão Europeia inclui cerca de uma centena de companhias aéreas proibidas de voar no espaço europeu por não aplicarem as normas de segurança e constituírem um perigo para os passageiros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH