Angola: Corredores do Lobito e do Namibe fundamentais para a região

19 March 2008

Luanda, Angola, 19 Mar – O governo de Angola decidiu avançar com recursos próprios para a reconstrução dos corredores do Lobito (Benguela) e do Namibe, afirmou em Luanda o Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

De acordo com o Jornal de Angola, dos Santos falava segunda-feira na cerimónia de abertura das conversações oficiais entre delegações ministeriais de Angola e da Zâmbia, no quadro da vista de Estado de três dias do Presidente da Zâmbia a Angola, Levy Mwanawasa.

José Eduardo dos Santos afirmou que a reabertura dos corredores do Lobito e do Namibe (constituídos por infra-estruturas rodoviárias e ferroviárias que ligam Angola aos países da região austral do continente) vai gerar riqueza e empregos, aumentar a circulação de pessoas e bens e combater a pobreza na região, para além da grande repercussão na redinamização da actividade económica e social.

O Governo angolano, segundo o Chefe de Estado, assumiu a aposta de recuperação daquelas infra-estruturas, consciente do papel estruturante que desempenham na economia nacional.

“As vias de comunicação que ligam os produtores, distribuidores e centros de consumo, ou o interior aos portos situados na costa, assumem uma importância crucial neste contexto”, disse o Chefe de Estado.

O Presidente da República justificou o avanço do Governo na recuperação dos corredores pelas dificuldades que a SADC e a Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD) experimentam para viabilizar a recuperação dos referidos corredores. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH