Macau: China e Brasil manifestam interesse em actuar em conjunto nos países lusófonos

19 March 2008

Macau, China, 19 Mar – A China e Brasil pretendem actuar em conjunto em projectos em países de língua portuguesa, afirmaram à macauhub representantes dos dois países que na semana passada participaram no chamado Fórum Macau.

“Podemos (China e Brasil) ampliar a nossa cooperação, trabalhar em conjunto nos outros países de língua portuguesa, promover trabalhos em diversas áreas nestes países”, disse à macauhub Zhao Chuang, conselheiro comercial do departamento de Cooperação Internacional do Ministério do Comércio da China e recém-nomeado secretário-geral do secretariado permanente do Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Durante dois dias (10 e 11 de Março), a quarta reunião ordinária do Secretariado Permanente do Fórum Macau reuniu 50 representantes dos governos de Angola, Brasil, Cabo Verde, China, Macau, Moçambique, Portugal e Timor Leste.

Zhao Chuang, presente no encontro, disse à macauhub que vê oportunidades de cooperação entre a China e Brasil, principalmente nas áreas financeira, de infra-estruturas, investimentos, intercâmbio tecnológico, agricultura, pescas e exploração mineral.

Zhao Chuang disse ter já contactado o embaixador brasileiro em Pequim, Luiz Augusto de Castro Neves, tendo sido apresentadas ideias que a partir de agora serão melhor estudadas.

“Estamos a procurar verificar a possibilidade de uma cooperação mais conjunta entre o Brasil e a China. Chineses, brasileiros e também portugueses podem associar-se em projectos na África, ou em Timor Leste, por exemplo. O Fórum pode contribuir para isso na medida que coloca em ligação e em contato autoridades e empresas de diversos países”, disse à macauhub o embaixador Castro Neves.

O comércio entre os países de língua portuguesa e a China cresceu 36 por cento em 2007 para 46,35 mil milhões de dólares.

O Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa foi criado em 2003, pelo governo da China, para fomentar as relações comerciais com os países de língua portuguesa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH