Brasil: Subsidiária de grupo português exporta gado bovino para Angola

20 March 2008

São Paulo, Brasil, 20 Mar – A Muguidjana Agropecuária planeia exportar este ano para Angola 6.400 bovinos de reprodução para repor os rebanhos dizimados pela guerra civil, informou quarta-feira em São Paulo a empresa controlada pelo grupo português Thanda Vantu.

O primeiro embarque de 1.600 bovinos será realizado esta semana a partir do porto de São Sebastião, no litoral Norte do Estado de São Paulo, devendo ocorrer mais três embarques no segundo semestre.

“A guerra praticamente dizimou os rebanhos em Angola e estamos a ajudar a repovoar o plantel”, disse o responsável da Muguidjana, Frederico Alberto Rosseto, ao jornal Valor Económico.

Os bovinos exportados para Angola são provenientes da fazenda na cidade de Glicério, no interior do Estado de São Paulo, unidade responsável pelas investigações de melhoria genética do grupo português.

Em Angola, os bovinos serão distribuídos entre as propriedades que o grupo português mantém nas províncias de Kuanza Sul e Malange.

No Brasil desde 2002, o grupo português controla quatro propriedades rurais, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, na região Centro-Oeste, dedicadas à criação de gado de corte.

No ano passado, o grupo português exportou 3.300 bovinos para Angola a partir do Brasil, dentro da meta de atingir 50.000 bovinos exportados em cinco anos, sendo seu objectivo repor o rebanho de corte que futuramente será utilizado para abastecer o mercado interno angolano, substituindo assim as importações de carne da África do Sul. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH