Angola: Empresas japonesas interessadas no potencial florestal angolano

25 March 2008

Ganda, Angola, 25 Mar – Um grupo de três empresas japonesas pretende investir na exploração da madeira de eucalipto do complexo industrial da Companhia de Celulose e Papéis de Angola, Alto Catumbela, província de Benguela, informou segunda-feira a agência noticiosa angolana Angop.

A agência adianta que uma missão ligada às três empresas deslocou-se ao município de Ganda a fim de identificar o potencial do conjunto de madeira existente na região e colher outros elementos para proceder ao estudo de viabilidade económica para possível exploração.

Em declarações à Angop, o chefe da delegação japonesa considerou de excelente o potencial de madeira na região e disse que o objectivo actual é o de identificar a capacidade de exploração de madeira e da futura recuperação da fábrica de celulose e papel.

Depois de Benguela, a delegação visitou o perímetro florestal da Ukuma e Caala, na província do Huambo.

A companhia de Celulose e Papel de Angola controla actualmente 18 perímetros florestais de plantações de eucaliptos localizadas nos municípios da Ganda (Benguela), Ukuma e Caala (Huambo) e algumas regiões do Bié e encontra-se paralisada desde Março de 1983, altura em que foi parcialmente destruída devido à guerra civil. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH