China: Aeroporto de Macau com prejuízos de 5,5 milhões de dólares em 2007

27 March 2008

Macau, China, 27 Mar – A Sociedade do Aeroporto de Macau (CAM) anunciou quarta-feira prejuízos de 44 milhões de patacas (5,5 milhões de dólares) no exercício de 2007, menos 29,6 por cento do que os registados em 2006.

Os resultados operacionais da CAM em 2007 atingiram 618 milhões de patacas, mais oito por cento do que em 2006.

Um comunicado da CAM assinala que durante 2007 as receitas operacionais atingiram 2,6 mil milhões de patacas.

O aeroporto foi utilizado em 2007 por 5,5 milhões de passageiros, registou um movimento de 53.386 aviões e operou 180.000 toneladas de carga.

O aeroporto é utilizado por 16 companhias áreas que operam 31 rotas, na sua maioria regionais.

Em Agosto de 2007, o governo de Macau anunciou que estava a estudar a possibilidade de adquirir todo o capital privado da Sociedade do Aeroporto Internacional de Macau (CAM) e efectuar um investimento de 10 mil milhões de patacas (1,25 mil milhões de dólares) em melhorias de estrutura e operacionais.

A CAM foi constituída em 1989 com um capital inicial de 1,5 mil milhões de patacas (cerca de 200 milhões de dólares) com o governo de Macau a deter 55,4 por cento do capital e a Sociedade de Turismo e Diversões de Macau (STDM) do magnata do jogo Stanley Ho 33,03 por cento.

O restante capital está disseminado por accionistas locais e da China continental.

O anúncio foi feito pelo Chefe do Executivo de Macau, Edmund Ho, que considerou que os actuais accionistas não tem capacidade de efectuar os elevados investimentos necessários para que o aeroporto possa dar resposta ao crescimento do turismo e da indústria de convenções. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH