Moçambique: Matola Water Front vai arrancar em breve

27 March 2008

Maputo, Moçambique, 27 Mar – Um projecto de desenvolvimento eco-turístico, residencial e ambiental ao longo da orla do Rio Matola, no município do mesmo nome, vai arrancar brevemente na sequência da assinatura de um memorando de entendimento entre o Conselho Municipal e a empresa moçambicana Épsilon Investimentos.

De acordo com a publicação electrónica Zambézia online, numa primeira fase será criado um gabinete de trabalho envolvendo técnicos das duas partes sendo que o projecto deverá posteriormente dar lugar a uma empresa de capitais mistos e/ou outros instrumentos a serem acordados.

Num espaço de aproximadamente 400 hectares deverão ser implantadas diversas infra-estruturas de lazer, sociais, entre outras, e haverá ainda espaço para outros investidores instalarem os seus recursos e projectos.

Denominado “Matola Water Front”, o projecto é de execução contínua e poderá ser implementado ao longo dos próximos dez a quinze anos, criando várias oportunidades de investimento e lazer para os residentes da Matola, que passarão a dispor de um lugar para desenvolver actividades turísticas, abrindo igualmente espaço para novos postos de trabalho.

O Conselho Municipal da Matola deve disponibilizar terrenos e liderar o processo de reassentamento das cerca de 900 famílias que vivem na área de implementação do projecto e criar acessos para a zona em referência.

Por seu turno, a Épsilon vai custear o reassentamento das famílias, elaborar os planos de desenvolvimento da zona, angariar investidores e apoiar o Conselho Municipal na realização da primeira conferência de investidores que deverá acontecer ainda este ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH