Portugal: Governo lança concursos públicos para construção de barragens

2 April 2008

Lisboa, Portugal, 02 Abr – O ministro português do Ambiente, Nunes Correia, anunciou terça-feira em Lisboa que os concursos para a construção das barragens de Pinhosão e Girabolhos vão ser lançados em meados de Abril e os das barragens de Fridão, Alvito e Almourol no final do mês.

As cinco barragens, que fazem parte do Programa Nacional de Barragens com Elevado Potencial Hidroeléctrico (PNBEPH), vão ser adjudicadas até ao final do ano e representam um investimento entre 700 e 800 milhões de euros.

O governo lançou terça-feira o concurso público para a construção das barragens de Gouvães, Padroselos, Alto Tâmega e Daivões, num investimento entre 450 e 760 milhões de euros.

A barragem de Foz Tua, a cujo concurso concorreu apenas a EDP – Energias de Portugal, foi adjudicada segunda-feira e a sua construção terá início em 2009.

A 5 de Outubro de 2007, o governo português anunciou que iriam ser construídas 10 novas barragens a fim de elevar para 70 por cento da capacidade total o aproveitamento hídrico do país.

A construção das novas barragens, que permitirá obter uma produção de energia eléctrica de 7.000 megawatts (Mw), representa um investimento de 1140 milhões de euros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH