São Tomé e Príncipe: Investidores privados vão abrir banco de investimento

3 April 2008

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 03 Abr – A Hexágono “E”, um grupo de operadores económicos de São Tomé e Príncipe, vai abrir em finais deste ano um banco privado no arquipélago, com capital social de 3 milhões de dólares, disse segunda-feira à macauhub em São Tomé um representante do grupo.

Prudência Oliveira Rita, um dos sócios do grupo, disse à macauhub que a Hexágono “E” iniciou terça-feira o processo de incorporação de novos accionistas estrangeiros numa perspectiva de se transformar a instituição numa nova sociedade que será a detentora da totalidade do capital social do futuro Banco de Crédito e Desenvolvimento.

Na nova estrutura bancária, a parte do capital a realizar por sócios são-tomenses é de 50,5 por cento e os restantes 49,5 agrupa accionistas estrangeiros originários de vários países, africanos e europeus, nomeadamente, Angola, Cabo Verde, Portugal e Espanha, acrescentou.

“O banco será de investimento, de desenvolvimento e de gestão para servir a economia de São Tomé e Príncipe”, disse Oliveira Rita, ex-ministro das Finanças de São Tomé e Príncipe.

São Tomé e Príncipe conta actualmente com seis bancos privados, designadamente, Afriland Bank, Island Bank, Cobistp, Equador, Ecobank e Banco Internacional. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH