São Tomé e Príncipe: Angola e Líbia interessados em investir no sector do turismo

10 April 2008

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 10 Abr – Angola e Líbia estão interessados de investir no sector turístico de São Tomé e Príncipe, sobretudo na construção de unidades hoteleiras – anunciou quarta-feira, o ministro são-tomense do turismo, Francisco Rita.

O governante são-tomense fez esta declaração horas antes da apresentação oficial do guia nacional para os investidores da área do turismo, indústria e comércio no arquipélago de São Tomé e Príncipe.

Francisco Rita disse que o interesse dos dois países foi manifestado há pouco menos de um mês na sequência de vários contactos tanto a nível estatal como no âmbito do sector privado através de grupos empresariais.

O ministro destacou ainda a vantagem dos investidores angolanos no relançamento do turismo em São Tomé e Príncipe, tendo em conta a proximidade geográfica dos dois Estados separados por pouco mais de 300 quilómetros.

Francisco Rita revelou ainda que um grupo privado afecto ao Banco Angolano de Investimento (BAI), já mostrou interesse em investir na reabilitação das instalações do hotel, “Pousada Boavista”, na localidade da zona da Trindade, distrito de Mezochi.

Relativamente à Líbia, Francisco Rita referiu apenas que a Líbia manifestou a vontade de participar no sector de indústria.

Fontes da direcção do Turismo disseram à Macauhub que uma empresa pública da Líbia esteve há três semanas na capital são-tomense em contactos com as autoridades do arquipélago numa pesquisa de mercado para investimento no sector turístico.

Com a produção do cacau, principal produto de exportação, em baixa, as autoridades de São Tomé e Príncipe apontam, o turismo, como uma das alternativas para diversificação e relançamento da economia do arquipélago. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH