Brasil: Fábrica de roupa de ginástica Bia Brazil Fitness estuda produzir na China

14 April 2008

São Paulo, Brasil, 14 Abr – A fabricante de roupas de ginástica Bia Brazil Fitness, que exporta para 42 países, e também para Macau e Hong Kong, pode passar a produzir também na China, disse à macauhub sua proprietária.

Beatriz Dockhorn, proprietária da empresa Bia Brazil, afirmou que se deslocará ainda este ano para a China a fim de “prospectar mais clientes e conhecer o processo industrial” do país.

“Neste momento, não nos é possível produzir ainda na China. Mas quando aumentarmos a produção por modelo, estaremos abertos para isso”, disse a proprietária, que já foi campeã latino-americana de ginástica olímpica.

A fabricação no continente asiático, segundo Beatriz Dockhorn, seria concentrada em modelos mais simples, que permitem a produção em grande escala. Actualmente, a empresa fabrica pequenas quantidades de um grande número de modelos.

É exactamente por essa “exclusividade” das peças que a Bia Brazil — uma empresa de médio porte, com sede no Estado do Rio Grande do Sul, no extremo sul do Brasil — conseguiu encontrar o seu espaço num mercado internacional disputado por grandes marcas, como a Nike e a Adidas, considera a empresária.

Os compradores da Bia Brazil, que possui lojas próprias no Brasil e em Israel e se prepara para abrir uma unidade na França, pertencem às classes de maior poder de compra.

Mensalmente, a empresa fabrica cerca de 15 mil peças — 90 por cento delas destinadas à exportação. As vendas da empresa para Macau e Hong Kong representam, em média, 10 por cento do total ou sejam 1.500 peças e um conjunto de duas peças custa por volta de 45 dólares.

Os compradores recebem as amostras de tecido e os modelos e encomendam as peças que quiserem”, explica Beatriz Dockhorn, que diz que o gosto das chinesas pela mistura de muitas cores resulta em calças e blusas que dificilmente seriam vendidas em outras partes do mundo.

A exportação para os territórios chineses começou em 1999, após um dos atuais clientes ter conhecido o portal da marca na internet. Segundo a empresária, os pedidos vêm aumentando desde então. “É um mercado importante para nós”, resume.

O mercado de “fitness” no mundo movimenta 56 mil milhões de dólares por ano, segundo dados da International Health, Racquet & Sportsclub Association (IHRSA), a maior instituição do sector. Esse valor é de 1,6 mil milhões dólares na América Latina (macauhub).

MACAUHUB FRENCH