Moçambique: China foi o sexto maior investidor em 2007

14 April 2008

Moçambique, Maputo, 14 Abr – A China foi o sexto maior investidor estrangeiro, em Moçambique, em 2007, com cerca de 60 milhões de dólares norte-americanos, numa lista encabeçada pelos Estados Unidos que investiram pouco mais de 5 mil milhões de dólares norte-americanos.

O valor do investimento chinês em 2007 representa 11 projectos em áreas como agricultura, aquacultura, obras públicas e florestas(extração de madeiras).

O país com maior número de projectos foi a África do Sul com 67 correspondentes a pouco mais de 9 milhões de dólares norte-americanos.

Fonte do Centro de Promoção de Investimentos de Moçambique(CPI) chama atenção para subida que a China está a registar na área de investimentos nos últimos anos no país.

“Só para dar um exemplo, em 2003 a China estava em nono lugar com ouco mais de um milhão de dólares norte-americanos”, disse Evaristo Cumbano do CPI.

A China é o único país do mundo que construiu em Moçambique o seu próprio Centro de Promoção de Investimento, um enorme edifício de mais de dez andares,situado na baixa de Maputo.

Portugal, antiga potencia colonizadora, ocupa a sétima posição com pouco mais de 54 milhões de dólares norte-americanos.

No ranking, a seguir aos Estados Unidos, encontram-se a Suiça (170 milhões de dólares); Maurícias (151 milhões de dólares); Reino Unido (91 milhões de dólares e África do Sul (com 79 milhões de dólares).

A China, aliado de Moçambique desde a luta pela independência, está também envolvida no melhoramento dos sistemas de abastecimento de água da capital moçambicana.

A China vai ainda construir, nos arredores do Maputo, um estádio de futebol com 40 mil lugares que custará 57 milhões de dólares norte-americanos.

A China construiu já o maior centro de conferências em Moçambique denominado “Joaquim Chissano”.

Num universo de 36 países estudados, a Bélgica aparece na última posição com um projecto equivalente a 37 mil dólares norte-americanos.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH