Moçambique: Parque Nacional da Gorongosa reabriu aos turistas

17 April 2008

Maputo, Moçambique, 17 Abr – O Parque Nacional da Gorongosa, situado na província de Sofala, com cerca de quatro mil quilómetros quadrados, um dos maiores de África, reabriu quarta-feira aos turistas nacionais e estrangeiros, disse à Macauhub Vasco Galant,responsável da área de comunicação e imagem do parque.

O Parque da Gorongosa estava encerrado desde Outubro do ano passado na sequência das cheias que destruiram estradas e acampamentos.

A recuperação total do Parque Nacional da Gorongosa implica um investimento de cerca de 31 milhões de euros tendo sido gastos até ao momento,a fundo perdido, oito milhões de euros.

“Não há retorno, trata-se de uma doação da Fundação Carr”, disse Vasco Galant contactado telefónicamente a partir de Maputo.

O Governo moçambicano e a Fundação Carr dos Estados Unidos assinaram um memorando para a gestão comum do parque para um período de 20 anos.

Vasco Galant mostrou-se satisfeito com a evolução do número de visitantes desde 2005, altura em que o parque recebeu apenas mil turistas.

“Em 2006 tivemos cinco mil visitantes mas em 2007 esse número subiu para oito mil”, disse Vasco Galant que acredita que se mantenha a tendência de aumento de número de visitantes.

Em termos de infraestruturas turísticas existem no parque 18 cabanas com 36 quartos.

Cerca de 600 pessoas trabalham no projecto de recuperação do Parque Nacional da Gorongosa, um espaço onde vivem cerca de dez mil habitantes.

O Parque Nacional de Gorongosa foi uma das infraestruturas severamente danificada durante os 16 anos de conflito armado em Moçambique tendo perdido parte importante dos seus animais.

Nos últimos anos centenas de animais foram trazidos de parques da África do Sul e Zimbabwé numa medida que se vai prolongar. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH