Angola: Governo quer que sector industrial contribua com 30 por cento para o PIB angolano

18 April 2008

Luanda, Angola, 18 Abr – O governo de Angola pretende que o sector transformador tenha nos próximos anos uma contribuição de pelo menos 30 por cento no PIB, disse, em Luanda, Kiala Gabriel, director do Instituto de Desenvolvimento Industrial de Angola (IDIA).

Actualmente o sector da indústria contribui com cinco por cento para o Produto Interno Bruto (PIB) de Angola mas poderá vir a subir para os nove por cento face ao crescimento do sector de materiais de construção.

“O nosso objectivo é não exportar produtos de base mas sim industrializados ou transformados pois são esses que criam postos de trabalho, emprego e que reduzem a dependência do país”, defendeu Kiala Gabriel.

O director do Instituto de Desenvolvimento Industrial de Angola assinalou ainda que “o objectivo e a estratégia de industrialização é fazer com que o sector transformador tenha uma contribuição de pelo menos 30 por cento no PIB, pois, quanto maior for esta percentagem maior será a
capacidade de transformação e menor a dependência económica de Angola”.

O sector industrial angolano registou em 2006 um crescimento na ordem dos 44,7 por cento contra 22 por cento em 2005.

“O crescimento deve-se ao surgimento de novas iniciativas no sector, desenvolvimento de novos projectos, à obtenção de mais investimentos e à maior oferta de produtos” assinalou Kiala Gabriel à Agência de Notícias de Angola – Angop.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH