Angola: Deutsche Bank financia reconstrução de estradas

23 April 2008

Luanda, Angola, 23 Abr – A subsidiária espanhola do Deutsche Bank vai financiar a reconstrução dos principais arruamentos das cidades capitais das províncias de Luanda, Kuando-Kubango, Lunda Sul, Moxico e Quanza Norte nos termos de um acordo assinado com o Ministério das Finanças de Angola.

Uma nota do Ministério citada pelo Jornal de Angola informa que o financiamento será usado pelo Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), entidade tutelada pelo Ministério das Obras Públicas, para a importação de bens e serviços da companhia espanhola CCL Peninsular, do grupo Eurofinsa.

A subsidiária espanhola do Deutsche Bank vai disponibilizar 255 milhões de euros por um período de oito anos, tratando-se da maior transacção até à data no quadro de um Memorando de Entendimento assinado em 2003 entre o Ministério das Finanças e o Deutsche Bank.

O acordo de financiamento, que começou com uma linha de crédito inicial de 50 milhões de dólares sem fixação de tecto – torna o Deutsche Bank como único agenciador e mutuante de um significativo número de financiamentos, elevando-se a montantes superiores a 800 milhões de Euros.

Os empréstimos têm sido usados para vários projectos de infra-estruturas em Angola, incluíndo obras nos sectores dos transportes, água e saúde, cobrindo contratos de fornecimento de várias empresas europeias. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH