Angola: Governo de Luanda quer diversificar economia angolana

24 April 2008

Acra, Gana, 24 Abr – O governo pretende diversificar a economia de Angola tendo assinado acordos com a China para investimento em infra-estruturas no âmbito desse esforço, afirmou quarta-feira em Acra o ministro angolano da Indústria, Joaquim David.

“Temos de diversificar a economia”, frisou o ministro no decurso de uma reunião da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês), fazendo notar que o petróleo representa cerca de 95 por cento das exportações e 50 por cento do Produto Interno Bruto de Angola.

Dizendo que a economia do seu país é muito vulnerável, Joaquim David referiu ter o governo assinado acordos com a China para a construção de infra-estruturas, incluíndo uma recentemente concluída central hidroeléctrica de 500 megawatts.

O ministro afirmou que a inflação encontra-se em queda devendo este ano ser de apenas um dígito depois de no ano passado ter caído para 11 por cento, com um crescimento económico de 23 por cento.

Embora no passado o país fosse conhecido como dos mais importantes produtores de cacau e café, o governo está mais interessado na indústria que oferece um maior valor acrescentado e maior número de empregos, disse Joaquim David. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH