Brasil: Veículos chineses que podem ser os mais baratos do Brasil passam por pesquisa de mercado

25 April 2008

São Paulo, Brasil, 25 Abr – A empresa importadora Effa Motors está a testar em concessionários de São Paulo a aceitação pública dos automóveis chineses M100 e ULC, que podem vir a ser os carros mais baratos no Brasil, disse quinta-feira à macauhub o seu director.

Ainda sem ter iniciado as vendas, “automóveis-teste” montados pela Changhe (M100) e Hafei (ULC) foram distribuídos em seis dos dez revendedores registados na capital paulista e as vendas dependerão do desalfandegamento de um lote de 400 carros que está retido na alfândega.

“A pesquisa de mercado vai continuar enquanto o primeiro lote de veículos não for desalfandegado. Os fiscais da Receita Federal estão em greve há mais de 30 dias e não sabemos quando regressam ao trabalho”, disse José Geraldo Sampaio Moura.

“Mas o resultado parcial é muito bom. Alguns revendedores já mostraram interesse em adquirir tanto o M100 como os Ultra Light Comercial (ULC)”, adiantou o director da Effa Motors.

De acordo com Sampaio Moura, a vantagem dos modelos chineses para conquistar um nicho no mercado brasileiro será o seu preço, que traz consigo diversos opcionais geralmente instalados em veículos de luxo.

Numa primeira fase, frisou o responsável, os modelos serão comercializados apenas na cidade de São Paulo. E depois, dependendo da aceitação, começarão a ser vendidos em outros Estados brasileiros.

José Geraldo Sampaio Moura informou ainda que os veículos podem, inclusive, passar a ser montados em Manaus, no Brasil ou em Montevideu, no Uruguai.

O director da Effa Motors disse ainda que toda a linha de produtos da Changhe e da Hafei será apresentada no Salão do Automóvel de 2008 que se realiza em Outubro, em São Paulo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH