Cabo Verde: Quatro ilhas cabo-verdeanas com parques eólicos em 2009

25 April 2008

Praia, Cabo Verde, 25 Abr – O governo de Cabo Verde vai instalar, até 2009, parques eólicos nas ilhas de Santiago, São Vicente, Sal e Boavista, que permitem gerar cerca de 28 megawatts (Mw) de potência, afirmou quinta-feira na Praia o director-geral de Energia, Abraão Lopes.

Lopes adiantou que o projecto, que deverá começar a ser implementado no segundo semestre deste ano, encontra-se já está em fase de lançamento de concurso, com financiamentos já garantidos.

“Os investimentos são extremamente avultados. O projecto já tem uma estimativa de cerca de 140 milhões de euros e há uma sociedade multinacional participada por cinco países europeus que vai co-financiar o projecto numa parceria público-privado”, disse.

Este projecto de energias renováveis insere-se, de acordo com Abraão Lopes, numa aposta muito forte que o governo vai fazer nas energias renováveis, com o objectivo principal de reduzir a dependência de Cabo Verde em relação aos produtos petrolíferos.

O executivo cabo-verdiano prevê investimentos de cerca de 200 a 250 milhões de euros para superar os problemas energéticos do país.

“O governo está a mobilizar principalmente parcerias público-privadas e financiamentos junto das instituições internacionais como o Banco Mundial, o BAD ou o Banco Japonês para o desenvolvimento, e temos um leque de parceiros já identificados e acordos já assinados”, afirmou.

Prevê-se que até 2025 o país irá precisar de triplicar a capacidade energética instalada actualmente, passando de 80 Mw de potência energética instalada para cerca de 300 Mw. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH