São Tomé e Príncipe: Seis novos furos para a prospecção de petróleo em 2009 na zona conjunta com a Nigéria

29 April 2008

Abuja, Nigéria, 29 Abr – O presidente da Zona de Desenvolvimento Conjunto (ZDC) São Tomé e Príncipe – Nigéria, Jorge dos Santos, anunciou segunda-feira em Abuja que a prospecção de petróleo em quatro dos blocos já adjudicados vai avançar em 2009 com seis novos furos.

Dos Santos, que falava numa cerimónia na Universidade de Abuja, disse que estão a ser desenvolvidos esforços para assegurar plataformas de prospecção “off-shore” a grandes profundidades, para a perfuração daqueles blocos.

Dos seis blocos adjudicados na ZDC, quatro têm já assinados contratos de partilha de produção: Bloco 1 (operado pela norte-americana Chevron), 2 (Sinopec), 3 (Anadarko) e 4 (Addax).

A Addax, parceira da chinesa Sinopec, informou recentemente que a pesquisa nos blocos 2, 3 e 4 deveria arrancar até final deste ano, com a abertura de 10 furos.

A petrolífera com sede na Suíça comprou no início do ano a participação da norte-americana Exxon Mobil no Bloco 1, da qual passou também a ser o segundo maior accionista, com 40 por cento do capital.

O Bloco 1 foi o primeiro a ser perfurado, no furo Obo-1, onde foram detectados vestígios de hidrocarbonetos, em 2006.

Jorge dos Santos adiantou que os dois concursos para atribuição de licenças petrolíferas permitiram a arrecadação de 400 milhões de dólares para os dois países, sobretudo através de bónus de assinatura. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH