Brasil: Estado do Rio Grande do Norte quer atrair instalação de empresas chinesas

14 May 2008

São Paulo, Brasil, 14 Mai – Empresas da província chinesa de Guangdong poderão vir a instalar-se no Estado brasileiro do Rio Grande do Norte (nordeste do Brasil), afirmou terça-feira à macauhub o secretário estadual de Desenvolvimento Económico, Marcelo Rosado.

Afirmando que os dois territórios iniciaram um processo de cooperação económica bilateral, Marcelo Rosado disse também à macauhub que a visita dos representantes brasileiros, realizada em Abril, durante a feira de Cantão, serviu para aproximar ainda mais o Brasil e a China.

“Todo o minério produzido actualmente no Rio Grande do Norte é exportado para a China. Além disso, temos projectos para estimular a instalação de empresas chinesas no Estado”, referiu o responsável.

Durante a visita, Marcelo Rosado apresentou o plano da Zona de Processamento de Exportações (ZPE) do Rio Grande do Norte ao vice-director do Ministério de Comércio Exterior e Cooperação Económica da província de Guangdong, Liang Guinxuan.

“A Zona de Processamento já foi aprovada e está em fase de implementação. O projecto vai contar também com um novo aeroporto, para o qual já temos o apoio do Governo Federal”, explicou.

De acordo com Rosado, “o governo da província chinesa foi muito receptivo em relação às propostas apresentadas” e está prevista uma viagem de representantes chineses àquela região brasileira até ao final do ano.

Para estimular novos investidores, o Estado do Rio Grande Norte oferece incentivos fiscais para as empresas chinesas se instalarem no Brasil, além do compromisso de que somente 30 por cento da produção será consumida internamente, revelou Marcelo Rosado.

“Queremos atrair empresas de alta tecnologia, como fabricantes de painéis solares, beneficiamento de granito, equipamentos da área de saúde e informática”, afirmou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH