Moçambique: Açucareiras deverão produzir este ano 295 mil toneladas de açúcar

14 May 2008

Maputo, Moçambique, 14 Mai – As quatro empresas açucareiras de Moçambique deverão este ano produzir cerca de 295 mil toneladas de açúcar, bastante mais do que as 240 mil toneladas da campanha de 2007, de acordo com a Associação dos Produtores do Açúcar de Moçambique (Apamo).

No ano passado, os produtores do açúcar haviam fixado como meta uma produção máxima de 290 mil toneladas, mas tal não foi possível devido, fundamentalmente, ao arranque tardio da companha de corte e moenda de cana sacarina.

De acordo com dados fornecidos pela Apamo ao jornal Notícias, de Maputo, a companhia da Maragra deverá ter uma produção de 79700 toneladas, a companhia de Xinavane 80400 toneladas, a Açucareira do Mafambisse 60 mil toneladas e a Companhia do Sena 75 mil toneladas.

Moçambique foi, até à década de 70, um dos quatro maiores produtores africanos de açúcar, mas a guerra civil levou à paralisação de todas as companhias durante largo período de tempo.

Esforços realizados em finais da década de 90 levaram a que até 2004 tivessem sido investidos mais de 350 milhões de dólares com vista à reposição das quatro unidades actualmente em laboração.

Para o presente ano, prevê-se que as companhias iniciem um novo ciclo de investimentos, de mais de 250 milhões de dólares.

As quatro açucareiras existentes em Moçambique deverão atingir, até 2012, uma produção estimada em cerca de 500 mil toneladas de açúcar, ou seja, mais que o dobro da sua capacidade actual, estimada em 242.525 toneladas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH