Guiné-Bissau: Exportação de castanha de caju vai aumentar em 2008

22 May 2008

Bissau, Guiné-Bissau, 22 Mai – A exportação de castanha de cajú deverá atingir este ano 106 mil toneladas, oito mil toneladas mais do que em 2007, afirmou quarta-feira em Bissau o director-geral do Comércio e Concorrência da Guiné-Bissau.

Jaimantino Có disse que aquele nível de vendas deverá render ao Estado cerca de 60 mil milhões de francos CFA (91,6 milhões de euros).

Segundo Jaimantino Có, o Ministério do Comércio já autorizou a exportação de cerca de 40 mil toneladas de castanha de caju para a Índia, que estão actualmente no porto de Bissau, faltando apenas ultrapassar “pequenos pormenores burocráticos”.

A Índia, principal comprador mundial de castanha de caju, adquire a produção anual da Guiné-Bissau, mas o governo de Bissau está em conversações com o Brasil, Tailândia e Vietname para tentar diversificar os mercados, disse Jaimantino Có.

Além das cerca de 40 mil toneladas que já estão prontas para embarque, nos armazéns em Bissau deverão estar entre 50 e 60 mil toneladas de castanha de caju, referiu.

Jaimantino Có acrescentou que a campanha da castanha de caju poderá terminar mais cedo este ano, em Julho, ao contrário de outras safras em que a campanha encerrou entre Agosto e Setembro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH