Angola: Empresas investem 310 milhões de dólares na produção de açúcar e álcool em Angola

4 June 2008

Luanda, Angola, 04 Jun – Dois projectos de investimento no sub-sector açucareiro, num valor total de 310 milhões de dólares, foram apresentados ao Ministério da Indústria, afirmou em Luanda o director nacional da agro-indústria, Pedro Barros Katendi.

De acordo com a agência noticiosa angolana Angop, um dos projectos pertence à Sociedade de Álcool e Agricultura Limitada (SOAL), empresa de direito angolano, constituída pela Companhia Industrial de Frutos de Angola Limitada (CIFAL), com a participação da empresa espanhola, Alcohespa.

Avaliado em 150 milhões de dólares, o projecto vai permitir construir um complexo agro-industrial para a produção de álcool, através da massambala (sorgo), de que se prevê produzir dois milhões de toneladas por ano.

Quando for aprovado, o projecto da SOAL, a ser implementado na província do Zaire, no vale do Loge, município do Nzeto, numa área aproximada de 30 mil hectares, criará pelo menos 500 postos de trabalho.

O segundo projecto, denominado “Sugar And Bio-Energy”, avaliado em 160 milhões de dólares, contempla a construção de uma indústria de açúcar e álcool na província de Malanje, no município de Kangandala.

O projecto da Sugar And Bio-Energy, a ser concretizado, vai ocupar uma área aproximadamente de 40 mil hectares, onde se prevê produzir, na primeira fase, 180 mil toneladas de açúcar por ano.

A Sugar And Bio-Energy é uma parceria entre a empresa sul-africana PGBI, Ltd. e a angolana Cielfil Agricultura Limitada. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH