Timor-Leste: JP Morgan recebe custódia de fundo petrolífero

4 June 2008

Díli, Timor-Leste, 04 Jun – O banco JP Morgan foi escolhido pela Autoridade Bancária de Timor-Leste (ABP) como responsável pela custódia dos activos do Fundo Petrolífero timorense, avaliado em 2,9 mil milhões de dólares, foi anunciado em Díli.

O Acordo de Custódia Global com a filial australiana do JP Morgan surge na sequência de um concurso internacional e é qualificado em comunicado da ABP como “um importante passo em frente na gestão operacional” do Fundo Petrolífero.

À entidade de custódia caberá receber e organizar as instruções de gestores de recursos do Fundo e avaliar o seu desempenho, “um passo necessário para implementar a intenção do governo de alargar o mandato de investimento do Fundo, a fim de, a longo prazo, alcançar lucros mais altos”, adianta a mesma fonte.

A Autoridade Bancária e de Pagamentos de Timor-Leste é o futuro banco central de Timor-Leste e no quadro da Lei do Fundo Petrolífero tem a responsabilidade da gestão operacional do Fundo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH