Brasil: BNDES concedeu até Maio financiamentos de 1,5 mil milhões de dólares a Angola

10 June 2008

São Paulo, Brasil, 10 Jun – A linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) do Brasil para financiar a compra de equipamentos brasileiros para obras de infra-estruturas em Angola atingiu, nos cinco primeiros meses do ano, 1,5 mil milhões de dólares.

A linha de crédito que foi concedida em 2006 com um valor de 750 milhões de dólares foi reforçada em 2007 com um valor suplementar de mil milhões de dólares.

O BNDES possui ainda 250 milhões de dólares para financiar projectos em Angola.

A chefe do Departamento de Comércio Exterior do BNDES, Luciene Ferreira Machado, disse ao jornal valor Económico que, por enquanto, não está prevista a ampliação da linha, voltada maioritariamente para projectos do governo angolano.

Os recursos do BNDES estão a ser usados em 16 projectos de estradas consideradas prioritárias pelo governo de Angola.

O BNDES está, entretanto, a finalizar a análise de um pedido de financiamento de 70 milhões de dólares para a construção de uma fábrica de açúcar junto à central hidroeléctrica de Cabinda, no orte de Angola.

O projecto, orçado em 260 milhões de dólares, é uma parceria da brasileira Odebrecht (40 por cento) com as empresas angolanas Damer (40 por cento) e a estatal do petróleo Sonangol (20 por cento).

“Não temos a pretensão de concorrer com a China, até porque não temos meios”, admite Luciene Ferreira Machado.

A chefe do Departamento de Comércio Exterior do BNDES considera, no entanto, que o objectivo “é a preservação do espaço conquistado pelo Brasil, mas cientes de que estamos actuando em um ambiente de competição muito forte”.

A China concedeu até 2007 financiamentos estimados em 4,5 mil milhões de dólares para obras e equipamentos em Angola, valor que pode atingir os nove mil milhões de dólares se forem considerados outros tipos de apoio. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH