Brasil: Brasil quer aumentar exportações para a China

16 June 2008

Brasília, Brasil, 16 Jun – O Brasil deverá estar a exportar bens no valor de 30 mil milhões de dólares para a China em 2010, afirmou sexta-feira à Agência Estado o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Welber Barral.

Barral disse que aquela meta vai ser anunciada pelo governo brasileiro a 3 de Julho próximo, em encontro na Confederação Nacional da Indústria (CNI) que reunirá empresários brasileiros.

Na reunião, de acordo com o secretário, será apresentado um relatório organizado pelo governo brasileiro em parceria com o seu congénere chinês e com o Conselho Empresarial Brasil-China, com um cronograma de atividades para atracção de investimentos chineses para o Brasil e promoção do comércio brasileiro na China.

Até 2006, a balança comercial bilateral apresentava um excedente em favor do Brasil mas em 2007 o Brasil teve um défice de 1,9 mil milhões de dólares.

Nesse ano, enquanto as vendas brasileiras para a China somaram 10,7 mil milhões, as compras de produtos chineses pelo Brasil totalizaram 12,6 mil milhões de dólares.

No acumulado de Janeiro a Maio deste ano (2008), a balança comercial Brasil/China já regista um défice para o lado brasileiro de 1,45 mil milhões de dólares

“Neste relatório, fizemos um cruzamento de pauta: quais são os sectores na China onde há possibilidade de expansão de exportações brasileiras e quais são os sectores no Brasil onde poderia haver investimentos chineses”, disse Barral.

Welber Barral adiantou que o documento será apresentado também em Pequim, no dia 11 de Julho, para empresários chineses. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH