Cabo Verde: Grupo Oásis inicia construção de complexo turístico no Sal

18 June 2008

Praia, Cabo Verde, 18 Jun – O grupo português Oásis Atlântico iniciou a construção de um empreendimento turístico de cinco estrelas na ilha do Sal, Cabo Verde, denominado Salinas Resort, informou terça-feira na Praia o seu director de marketing.

O complexo turístico, que vai custar cerca de 57 milhões de euros, compreende, numa primeira fase denominada Salinas Sea, um aparthotel de cinco estrelas, piscinas e salas de conferências, precisou Nuno Oliveira.

Localizado em Santa Maria, a sul da ilha do Sal, o Salinas Sea ocupa uma área de cerca de 17.500 metros quadrados e terá 228 apartamentos de tipo T0 e 56 T1, compreendendo ainda restaurante, bar, piscinas e espaços de lazer.

Quando completo, o Salinas Resort ocupará uma área de 45 mil metros quadrados. A totalidade do projecto ficará completa com a construção do Salinas Sand, cujas obras deverão iniciar-se em meados do próximo ano e que compreende mais 316 apartamentos, um novo restaurante, 36 lojas e um SPA (“salute per aqua”, turismo que providencia actividades ligadas à saúde e bem-estar).

O grupo, ainda segundo Nuno Oliveira, tem em fase de licenciamento outros três projectos turísticos para Cabo Verde. Um na ilha da Boa Vista, denominado Sal Rei, um na Cidade da Praia, Prainha Suite Hotel, e um terceiro também na ilha do Sal, o Salinas Residence.

O grupo Oásis Atlântico, que tem também três hotéis no Brasil, foi criado em 1998, com a compra de três hotéis em Cabo Verde, dispondo actualmente de quatro, dois na ilha do Sal, um em S. Vicente, Mindelo, e outro em Santiago, Praia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH