Brasil: Energias do Brasil aumenta geração de energia com troca de activos

20 June 2008

São Paulo, Brasil, 20 Jun – A Energias do Brasil, “holding” para o Brasil do grupo EDP – Energias de Portugal e o grupo brasileiro Rede acordaram uma troca de activos, com a primeira a ceder uma distribuidora e o segundo a abdicar de uma posição maioritária numa produtora.

De acordo com um comunicado, a Energias do Brasil aumentou a sua participação no capital votante da Hidroeléctrica do Lajeado, localizada no Estado do Tocantins com capacidade de 902,5 megawatts (MW) de 27,65 para 73,05 por cento tendo a sua participação no capital total da empresa ultrapassado 60 por cento.

Por seu turno, o grupo Rede ficou com o controlo da distribuidora de energia Enersul, no Estado do Mato Grosso do Sul.

A imprensa brasileira afirma que este negócio é benéfico pata os objectivos de cada um dos grupos, uma vez que a Energias do Brasil tem reafirmado o seu interesse em aumentar a sua geração de energia ao passo que o grupo Rede pretende aumentar a sua presença na distribuição de energia no país.

Com este negócio, a Energias do Brasil aumentou a sua capacidade de geração de energia de 1043 para 1690 megawatts, passando a geração a representar cerca de 50 por cento do lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações.

A imprensa brasileira adianta que a cedência da Enersul causará ainda um impacto positivo nas contas do grupo pois além de a sua participação no negócio da distribuição ser pequena em 2007 apresentou um prejuízo de 58,05 milhões de reais.

A Energias do Brasil concentra activos nas áreas de geração, distribuição e comercialização de energia elétrica, estando presente nos Estados de São Paulo, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Ceará. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH