Angola: Governo angolano anuncia combate à especulação imobiliária

23 June 2008

Luanda, Angola, 23 Jun – O governo angolano vai aplicar “a curto prazo” medidas para combater a especulação imobiliária, particularmente em Luanda, que agrava as condições de vida dos mais pobres, afirmou o vice-ministro do Urbanismo e Ambiente.

No decurso do Fórum Imobiliário, Urbanismo e Arquitectura angolano, Mota Liz, citado pelo Jornal de Angola, disse que o combate à especulação imobiliária passa por mecanismos jurídicos e por um programa de fomento habitacional, para que as pessoas “tenham acesso a moradias a preços mais baixos”.

Ao mesmo tempo, Luanda pretende “criar um sistema tributário aplicável ao sector imobiliário de acordo com a tipologia e localização, tempo de construção, acessibilidade a serviços e equipamentos”, adiantou o vice-ministro.

Com as medidas, adiantou, o governo deverá criar condições para inverter a “insustentável” tendência actual.

De acordo com um estudo recente da consultora imobiliária Worx, as rendas na capital angolana “atingiram valores recorde no continente africano” de 12 mil dólares mensais por metro quadrado um T5 nas zonas de referência.

A subida de preços tem vindo a ser sustentada pela procura por parte de empresas e expatriados, devido ao crescimento económico do país, conjugado com a escassez de espaços de qualidade e tendência para concentração na capital. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH