Moçambique: Governo moçambicano vai alienar 20 por cento da maior operadora de telefonia móvel

23 June 2008

Maputo, Moçambique, 23 Jun – O Estado moçambicano pretende alienar 20 por cento do capital da empresa pública de telefonia móvel de Moçambique, mCel, afirmou o presidente do Instituto de Gestão das Participações do Estado, Daniel Gabriel.

De acordo com o semanário Savana, Daniel Gabriel disse que está a ser elaborada uma proposta nesse sentido mas escusou-se a divulgar pormenores alegando ser “contraproducente avançar dados que ainda não foram ultimados”.

Recentemente, o grupo Whatana, uma “holding” criada por dois moçambicanos, Malenga Machel, filho de Samora Machel, primeiro Presidente moçambicano, e Nuno Quelhas, tornou-se accionista da Vodacom Moçambique, a segunda operadora de telefonia móvel, detida maioritariamente por capitais sul-africanos.

A Vodacom Moçambique é controlada em 85 por cento pela Vodacom da África do Sul, sendo que os 10 por cento remanescentes estão repartidos por igual entre a Intelec e Emotel, entidades à frente das quais estão, entre outras figuras, o deputado da Frelimo Hermenegildo Gamito e Salimo Abdula, presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, representante do Estado no sector privado.

A estrutura accionista da Vodacom Internacional é composta pela Telkom (50 por cento), VenFin (15 por cento) e o Grupo Vodafone (35 por cento).

A Whatana, que actualmente controla cinco por cento da Vodacom Moçambique, num investimento de 10 milhões de dólares, é presidida por Graça Machel, viúva de Samora Machel e actual mulher de Nelson Mandela.

Na Whatana, Graça Machel detém 20 por cento das acções, contra 40 por cento de Malenga Machel, seu filho, e os restantes 40 por cento são controlados por Nuno Quelhas.

A Whatana possui interesses empresariais nas áreas de consultoria, logística, investimentos e finanças, bem como no ramo automóvel, através da Whatana Auto, uma das empresas que possui uma parceria com a Petromoc para o transporte de combustível de longo curso. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH