Angola: Indústria angolana com investimento previsto de 6500 milhões de dólares até 2013

30 June 2008

Lubango, Angola, 30 Jun – O programa de desenvolvimento industrial de Angola, entre 2009 e 2013, vai custar 6500 milhões de dólares, revelou quinta-feira na Huíla, o ministro da Indústria, Joaquim David.

O ministro analisava as perspectivas de desenvolvimento do sector numa reunião do Conselho Consultivo alargado do Ministério da Indústria, que decorreu até sexta-feira no Lubango.

De acordo com a agência noticiosa angolana Angop, o titular da pasta da Indústria informou que deste valor o Estado irá contribuir com 800 milhões de dólares, sendo o restante resultado de iniciativas privadas.

Adiantou que neste período o crescimento económico esperado é superior a 50 por cento, salientando que o governo aprovou um programa “bastante” ambicioso para estes quatro anos.

Joaquim David informou que as perspectivas apontam para a criação de 70 mil novos postos de trabalhos directos e 200 mil indirectos.

” (…) é evidente que este eforço vai resultar muito de algumas indústrias estruturantes, como o alumínio e do uso intensivo de energia eléctrica, por isso durante este período será iniciada a construção de um complexo para refinação e produção do alumínio que, por si só, vai custar 2,5 mil milhões de dólares”, sublinhou o ministro.

Disse igualmente que existem outras intenções de “grande envergadura”, no ramo metalúrgico, mais uma ou duas siderurgias serão construídas, assim como na área da petroquímica, etanol, fertilizantes e amónia.

Revelou que as perspectivas apontam ainda para a criação neste mesmo período, de pelo menos mais uma nova refinaria, dois ou três projectos no ramos da produção de açúcar, que exigirão investimentos na ordem dos cinco mil milhões de dólares.

O Conselho Consultivo alargado do Ministério da Indústria abordou, em dois dias, temas como “O papel do sector da agricultura no desenvolvimento industrial em Angola”, “0s biocombustíveis e o caso da agro-indústria”, “Importância das infra-estruturas básicas na actividade industrial”, “Projecto de criação de condições para apoio nos domínios da energia eléctrica”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH