Moçambique: Reserva Marinha da Ponta do Ouro, em Moçambique, vai ser declarada Património da Humanidade.

1 July 2008

Maputo, Moçambique, 01 Jul -A Reserva Marinha da Ponta do Ouro, no sul de Moçambique, vai ser declarada como Património da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) em Dezembro deste ano, anunciou o ministro do Turismo de Moçambique.

Fernando Sumbana disse à Agência de Informação de Moçambique, no final de um encontro com os seus homólogos da África do Sul e da Suazilândia, que a decisão pretende garantir a protecção e conservação de espécies marinhas como as tartarugas, baleias e golfinhos.

O ministro do Turismo de Moçambqiue revelou que estão a ser feitos contactos com as comunidades da Ponta do Ouro de modo a garantir que a declaração da zona como Património da Humanidade não afecte o seu modo e vida tendo em conta que a pesca é a principal fonte d eriqueza dos habitantes locais.

Na opinião do ministro Sumbana a declaração de que a Ponta do Ouro passa a ser uma zona de Património da Humanidade trará mais turistas à região.

Os ministros dos três países, reunidos na ilha do Bazaruto, na província de Inhambane, discutiram ainda a criação de uma zona protegida para animais selvagens ligando os parques de Tembe, Futi e a Reserva do Maputo tendo decidido que o mesmo poderá ser criado em Junho de 2009.

O projecto pretende separar as comunidades rurais das três zonas das áreas habitadas por animais selvagens, em especial elefantes.

O ministro Fernando Sumbana revelou que existem condições materiais e financeiras para concretizaro projecto estando em curso neste momento o estudo da instalação de uma vedação que separará as duas zonas.(macahub)

MACAUHUB FRENCH