Moçambique: Empresa australiana vai construir central térmica orçada em dois mil milhões de dólares em Tete

7 July 2008

Maputo, Moçambique, 07 Jul – A empresa australiana Riversdale Mining vai iniciar em 2009 a construção de uma central térmica a carvão orçada em 2 mil milhões de dólares, na província de Tete, noroeste de Moçambique, anunciou o seu director para Moçambique, Syd Parkhouse.

Parkhouse disse ao jornal Notícias, de Maputo, que o estudo de viabilidade do empreendimento, que terá uma capacidade de produção de 500 megawatts, deverá estar pronto até finais do ano em curso, devendo o empreendimento ser concluído no prazo máximo de três anos.

De acordo com Parkhouse, a Riversdale Mining acaba de receber do governo moçambicano uma licença para explorar carvão mineral em 29.080 hectares na província de Tete, área que segundo ele tem maior concentração daquele minério do que a de Moatize, atribuída à Companhia Vale do Rio Doce Moçambique.

Disse ainda que os cerca de 2 mil milhões de dólares necessários para montar a nova central térmica em Tete serão mobilizados em bancos estrangeiros e instituições financeiras internacionais, sendo que grande parte da energia a ser produzida no empreendimento proposto será exportada para alguns países da região, nomeadamente África do Sul, Zimbabwe, Malawi e Zâmbia.

Syd Parkhouse não descartou a possibilidade de a energia a ser gerada na nova central ser igualmente colocada noutros países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral onde se registe algum défice na provisão de electricidade, numa referência a países como Namíbia e Botswana.

Para este projecto, a Riversdale Mining entrou numa parceria com a empresa indiana Tata Steel, o sexto produtor mundial de aço, ao abrigo da qual os indianos ficam com 35 por cento das acções. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH