Angola: Projecto Corredor Ocidental reúne ministros da Energia da SADC em Luanda

9 July 2008

Luanda, Angola, 09 Jul – Os ministros da Energia dos países da SADC, envolvidos no projecto do Corredor Ocidental (Angola, África do Sul, Bostwana, Namíbia e RDCongo) reuniram-se terça-feira, em Luanda, para analisarem o actual estado de implementação do mesmo.

O projecto do Corredor Ocidental tem com objectivo principal a construção de uma linha de alta tensão, numa extensão de três mil quilómetros, que partirá da Barragem do Inga (República Democrática do Congo), onde será construída a central, até à África do Sul, passando por Angola, Namíbia e Botswana.

Avaliado em pelo menos quatro mil milhões de dólares, o projecto de interligação de redes eléctricas passará pela construção de uma central de produção de energia de 3500 megawatts.

Para a sua implementação foram já assinados dois acordos, sendo o primeiro entre os governos envolvidos (RDCongo, Angola, Namíbia, Botswana e África do Sul), que autorizam a participação das suas empresas.

A segunda convenção foi entre as empresas Sociedade Nacional de Electricidade, da RD Congo, Empresa Nacional de Electricidade (ENE), de Angola, NamPower (Namíbia), BPC (Botswana) e a Eskom (África do Sul). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH