Moçambique: Itália aposta em Moçambique para relançar investimentos em África

9 July 2008

Maputo, Moçambique, 09 Jul – O vice-ministro italiano para o Desenvolvimento Económico, Adoldo Urso, afirmou terça-feira em Maputo que o seu país aposta em Moçambique como rampa para os seus investimentos em África e assumiu o compromisso de ajudar o país no combate à pobreza.

Adolfo Urso enfatizou a prioridade que a Itália concede a Moçambique em termos de investimentos empresariais e de ajuda ao desenvolvimento, quando falava num seminário sobre “Oportunidades e Perspectivas de Investimento em Moçambique”, que juntou em Maputo homens de negócios da Itália e de Moçambique.

O governante italiano apontou os sectores do agro-processamento, turismo, energia, agro-indústria, manufactura, transportes, entre outras, como os de maior interesse para os investidores italianos.

Referindo-se especificamente à área da agricultura, Adolfo Urso disse que a participação das empresas italianas neste ramo pode ajudar no incremento da produção e no aumento das áreas de exploração, que não ultrapassam actualmente 10 por cento do total da terra arável.

Para isso, a Itália conta com a sua posição privilegiada de maior produtor e exportador de equipamentos agrícolas na Europa e segundo no mundo, atrás dos EUA, assinalou Urso.

Adolfo Urso adiantou que o seu Governo está a encorajar o empresariado italiano a investir em Moçambique, na perspectiva de penetrar noutros mercados de África.

Por seu turno, o ministro da Indústria e Comércio de Moçambique, António Fernando, expôs as várias oportunidades de negócios que o país pode oferecer.

O ministro destacou a indústria, agricultura e energia (biocombustíveis) como sendo os sectores que necessitam de maiores investimentos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH