São Tomé e Príncipe: Petróleo em destaque na visita do primeiro-ministro a Angola

29 July 2008

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 29 Jul – O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Joaquim Rafael Branco, inicia hoje uma visita de três dias a Angola a fim de relançar a cooperação bilateral no sector económico com realce para o petróleo, comércio e infra-estruturas.

De acordo com o gabinete de imprensa do palácio do governo em São Tomé, Rafael Branco pretende com a sua deslocação a Luanda incentivar o investimento angolano, sobretudo do sector privado, em vários domínios de actividade económica em São Tomé e Príncipe, numa perspectiva de relançar a economia do arquipélago.

Além de assuntos ligados à formação de quadros, assistência técnica em vários domínios de cooperação, o primeiro-ministro são-tomense abordará ainda com o governo de Angola mecanismos visando a intervenção angolana nas áreas do petróleo, transportes, comércio, agricultura, comunicação social e administração pública.

A visita de Rafael Branco, que exercia há poucos meses o cargo de director da Agência Nacional de Petróleo de São Tomé, acontece oito dias depois da petrolífera angolana Sonangol ter inaugurado na capital são-tomense dois postos de abastecimento de combustíveis num investimento de mais 2,5 milhões de dólares.

Considerado um dos principais accionistas do Estado são-tomense na comercialização de combustíveis, a Sonangol dispõe de 40 por cento de capital da Empresa Nacional de Combustíveis e Óleos (ENCO), que detém o monopólio de importação e venda desse produto no arquipélago.

A Sonangol tem manifestado o interesse de participar na exploração de petróleo na zona marítima exclusiva de São Tomé e Príncipe.

Em Novembro de 2007, Angola e São Tomé e Príncipe assinaram em Luanda vários instrumentos jurídicos de cooperação no âmbito da VIª sessão da comissão mista bilateral com destaque para intercâmbios nos domínios dos petróleos, comércio, bancas, agricultura e transportes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH