Portugal: Cimpor moderniza linhas de produção até 2011 nomeadamente no Brasil, Moçambique e China

31 July 2008

Lisboa, Portugal, 31 Jul – O grupo cimenteiro português Cimpor quer modernizar as linhas mais antigas e construir novas linhas de produção de clínquer a fim de aumentar a eficiência energética do processo produtivo e diminuir as emissões indirectas de CO2, informou o grupo em Lisboa.

Representando o consumo da energia eléctrica uma fracção de cerca de 12 a 15 por cento do total de energia utilizado no processo de fabrico de cimento, a Cimpor prevê um conjunto de medidas de racionalização energética e «um investimento em equipamentos mais modernos que melhorem continuamente o rendimento energético», lê-se no Relatório de Sustentabilidade de 2007 da Cimpor.

Assim, o grupo vai proceder à paragem da antiga linha de Campo Formoso e à construção de linhas mais eficientes, a que se seguirão outras (Cajati, Campo Formoso e João Pessoa) e Amreyah CCC (Egipto) e à renovação de linhas de produção existentes em Portugal, Espanha, Marrocos e Tunísia.

Também se esperam os contributos da remodelação de uma linha no Egipto até final de 2008, e da entrada, ainda este ano, de uma nova linha de produção de clínquer em Simuma, na África do Sul, bem como de uma das linhas de Cezarina, no Brasil, e a construção, até 2010/11, de novas linhas de produção em Marrocos, Tunísia, Turquia, Moçambique e China. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH