Moçambique: Corredor de Desenvolvimento do Norte reforça-se com seis locomotivas

5 August 2008

Nacala, Moçambique, 05 Ago – O Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN), com sede em Nacala, província de Nampula, norte de Moçambique, vai contar à partir de Setembro próximo com mais seis locomotivas, disse à macauhub uma fonte ligada ao Conselho de Administração.

Duas das locomotivas estão a caminho de Moçambique, provenientes da Índia e outras quatro já se encontram em Maputo, capital moçambicana, devendo ser transportadas brevemente para Nacala.

A fonte disse à macauhub que o Corredor de Desenvolvimento do Norte investiu 3,5 milhões de dólares na compra das referidas locomotivas.

O sistema ferroportuário de Nacala, que conta com um porto de águas profundas, é uma infra-estrutura estratégica de ligação entre os países do interior, especialmente o Malawi, e o resto do mundo.

Decorrem presentemente as obras de reconstrução da linha férrea que liga aquele porto ao Malawi, num troço de 77 quilómetros.

Entretanto, os accionistas norte-americanos Edlows Resources e American Railroad Corporation venderam as suas participações no consórcio a parceiros moçambicanos, tornando o empreendimento “100 por cento moçambicano”.

“A partir de Agosto, o CDN será 100 por cento moçambicano, uma vez que os accionistas estrangeiros estão a finalizar a sua retirada do empreendimento”, afirmou o director-geral do CDN, Fernando Couto.

Os investidores norte-americanos venderam a sua parte no CDN ao Banco Comercial e de Investimentos (BCI), a segunda maior instituição bancária moçambicana, e ao grupo Insitec. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH