Moçambique: Início da construção do oleoduto para a África do Sul adiado para Novembro

11 August 2008

Maputo, Moçambique, 11 Ago – O início da construção do oleoduto entre o porto da Matola e Nelspruit, na África do Sul, foi adiado de Setembro para Novembro devido a atrasos na aprovação da versão final do estudo de impacto ambiental, informou o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal cita Mariana Nieuwoudt, consultora de comunicação do projecto, que afirmou que a versão final do estudo do impacto ambiental foi submetida na semana passada ao ministério sul-africano de tutela, marcando a abertura de um período de consulta pública envolvendo as partes interessadas.

Com uma extensão de 450 quilómetros, o oleoduto terá capacidade para transportar anualmente 3,5 milhões de metros cúbicos de combustíveis, esperando-se que esteja operacional até 2011, de acordo com projecções da Petroline Holdings, um consórcio constituído por capitais moçambicanos e sul-africanos, responsável pela execução do empreendimento.

De acordo com Mariana Nieuwoudt, a ideia de se construir o oleoduto surgiu após os graves problemas que a partir de finais de 2005 marcaram o fornecimento de combustíveis na África do Sul, gerando impactos negativos em vários sectores da economia daquele país.

Um estudo encomendado pelo governo sul-africano recomendou a construção do oleoduto, por forma a reduzir ao mínimo o risco de regiões do interior como Gauteng, Limpopo, Mphumalanga, Free State e North West serem afectadas pela crise gerada não só pela alta de preços dos combustíveis no mercado internacional, como também pela relativa fraca capacidade de transporte e armazenamento daquele produto para garantir “stocks” de longa duração.

Com um investimento estimado de 537 milhões de dólares, o projecto compreende, além de melhoramentos a nível da terminal de combustíveis do porto da Matola, a construção de 64 quilómetros de oleduto em território moçambicano até à fronteira com a África do Sul, outros 135 da fronteira até Nelspruit e ainda 249 quilómetros para ligar à região de Kendal. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH