Moçambique: Japão vai financiar produção de arroz na Zambézia

11 August 2008

Maputo, Moçambique, 11 Ago – A Agência de Cooperação Internacional do Japão vai financiar o programa de produção de arroz na província da Zambézia, a ser executado ao longo das próximas três campanhas agrícolas, com assistência técnica do Vietname, informou o jornal Notícias, de Maputo.

O objectivo deste programa, que vai ter um financiamento de 3,5 milhões de dólares, é aproveitar melhor os terrenos disponíveis naquela província para a produção de arroz, nomeadamente nos distritos de Nicoadala, Morrumbala, Chinde, Mopeia, Namacura, Maganja da Costa e Inhassunge.

Moçambique e o Vietname têm um acordo de cooperação para a produção intensiva de arroz na província da Zambézia, com base em pacotes tecnológicos que privilegiam, em sistemas irrigados, o uso de semente certificada e ferilizantes.

O jornal afirma ser conhecido que a área potencial de arroz em Moçambique é estimada em cerca de 900 mil hectares, dos quais apenas cerca de 200 mil são cultivados, com cerca de 90 por cento das áreas aproveitadas a estarem localizadas nas províncias de Zambézia e Sofala.

As províncias de Nampula e Cabo Delgado ocupam uma área total de 7 por cento da área disponível e os restantes 3 por cento pertencem à zona sul, com destaque para o distrito do Chókwè, província de Gaza.

Entretanto, o governo definiu um total de 19 distritos com maior potencial agrícola para a produção do arroz, sendo sete na província da Zambézia, três em Sofala (zona centro), um em Nampula, dois em Cabo Delgado (Norte), dois na província de Maputo e quatro em Gaza, na região sul do país.

A intenção é que, até ao final das três campanhas agrícolas, a começar em 2008/9, se atinja uma produção de 898.094 toneladas de arroz em casca. O défice de consumo do arroz situa-se em cerca de 316 mil toneladas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH