Brasil: Fabricante chinês de máquinas que aumentar exportações para o Brasil

12 August 2008

São Paulo, Brasil, 12 Ago – O grupo chinês Xuzhou Construction Machinery Group (XCMG) pretende aumentar as suas exportações de máquinas para o Brasil e não pretende investir na produção local, afirmou segunda-feira em São Paulo Li Suo Yun, da administração do grupo.

Afirmando ter um conhecimento limitado do mercado brasileiro, Li disse estar perfeitamente consciente de que o Programa de Aceleração do Crescimento do Brasil e o aquecimento da construção civil têm impulsionado as suas exportações para o Brasil.

Em 2007, o grupo XCMG, controlado pelo governo chinês, vendeu ao Brasil 250 guindastes, 300 rolos compactadores e mais 100 unidades entre motoniveladoras e pás-carregadoras.

As vendas de 2007 para o Brasil representaram apenas 10 por cento das exportações do grupo e para este ano a previsão de Li para o Brasil é de comercializar 450 guindastes e 700 rolos compactadores, nao havendo ainda estimativas para as motoniveladoras e pás-carregadoras.

Em declarações ao jornal Valor Económico, Li Suo Yun disse que o grupo não pretende investir no Brasil tendo esta sua visita o objectivo de estabelecer um parceiro local, concretamente a empresa Brasil Máquinas.

Em 2007, o grupo produziu 30 mil máquinas tendo facturado 5 mil milhões de dólares, 600 milhões dos quais em exportações. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH