Brasil: Unidade chinesa da Embraer recebe certificação para peças e equipamentos

14 August 2008

São Paulo, Brasil, 13 Ago – O centro de peças de reposição da Embraer, na China, foi certificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o regulador brasileiro do sector aéreo, anunciou terça-feira a empresa brasileira.

A Embraer, que é o maior fabricante mundial de aviões a jacto regionais, adiantou que a certificação permitirá a ampliação dos serviços de manutenção e a diminuição do tempo de entrega de peças da unidade chinesa.

Com a certificação, a Embraer fortalecerá o seu compromisso de oferecer serviços de materiais “de alto nível para melhorar a cobertura de apoio da crescente frota de aeronaves da empresa no mercado”.

“Estamos muito orgulhosos pela certificação da nossa equipa”, disse Siu Ying Yeung, director de Apoio e Serviços ao Cliente da Embraer China.

Até 30 de Junho de 2008, a Embraer entregou 33 jactos comerciais para seis clientes na China e contava com uma carteira de encomendas firmes de 88 aviões para empresas aéreas chinesas.

Em 2003, a Embraer criou uma “joint-venture” com as empresas chinesas Harbin Aircraft e Hafei Aviation Industry, ambas controladas pela China Aviation Industry Corporation II.

A Harbin Embraer Aircraft, resultado de um investimento de 25 milhões de dólares da Embraer, fica em Harbin, capital da província de Heilongjiang.

A “joint-venture” produz aviões exclusivamente para o mercado chinês, com modelos iguais aos fabricados na sede da empresa, na cidade de São José dos Campos, a 90 quilómetros de São Paulo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH