Angola: Parte da auto-estrada de Luanda abre em Dezembro

18 August 2008

Luanda, Angola, 18 Ago – Uma parte da auto-estrada periférica de Luanda, a cargo da construtora brasileira Odebrecht, será aberta ao trânsito automóvel a partir de Dezembro próximo, afirmou sexta-feira em Luanda o director de contratos da empresa.

Tiago Brito disse à agência noticiosa angolana Angop que tudo está a ser feito para que até Dezembro seja entregue um dos sentidos do trecho, num total de 33 quilómetros, de Cabolombo até a intersecção com a via expresso.

Acrescentou que a faixa a ser entregue compreende trabalhos de iluminação pública e sinalização, enquanto a obra continua no outro sentido.

Em toda a extensão, serão colocadas 20 passagens hidráulicas para permitir o escoamento das águas, bem como construídas travessias aéreas para peões.

Tiago Brito salientou que a obra completa termina em Julho de 2009.

A obra enquadra-se no projecto de soluções pontuais para a melhoria do tráfego na capital, levado a cabo pelo Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA).

A intersecção da via rodoviária vai permitir a ligação entre a zona Sul e Leste da província de Luanda.

A auto-estrada periférica Cacuaco/Viana/Cabolombo terá um perfil transversal de 42,40 metros, com duas faixas de rodagem em cada sentido, tendo um separador central de 20 metros de largura.

Quando aberta ao trânsito, a via vai melhorar a ligação entre os municípios de Cacuaco, Viana, Samba e Kilamba Kiaxi, reduzindo a circulação dentro da cidade e o acesso ao novo aeroporto de Luanda, a partir das províncias adjacentes a Luanda.

A outra parte que sai da via expresso a Cacuaco está consignada à empresa brasileira Queiroz Galvão, responsável pela execução dos restantes 22 quilómetros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH