Angola: Reconstrução do caminho-de-ferro de Benguela vai custar 2 mil milhões de dólares

18 August 2008

Lobito, Angola, 18 Ago – A reconstrução e apetrechamento do caminho-de-ferro de Benguela vai custar 2 mil milhões de dólares, revelou sexta-feira no Lobito o ministro dos Transportes Augusto Tomás.

As obras de reconstrução do CFB consistem na preparação da plataforma ou base, reposição de carris, construção de novas estações de comboios com capacidade de processarem centena de toneladas de carga por dia.

A desminagem de mais de 1314 quilómetros, já efectuada nos últimos anos, também fez aumentar os custos da reconstrução do chamado corredor do Lobito.

O ministro dos Transportes disse que apesar dos custos e outros constrangimentos e transtornos, tais como a falta de apoios da comunidade internacional, o governo está a executar o programa de reconstrução nacional, reconstruíndo as infra-estruturas destruídas pela guerra.

Acredita que com a reconstrução do CFB, milhares de angolanos residentes nas províncias de Benguela, Huambo Bié e Moxico, e não só, verão o seu nivel de desenvolvimento económico mais elevado a curto prazo.

Adiantou que depois de reconstruído e apetrechado, o CFB terá capacidade de movimentar vinte milhões de toneladas de carga diversa durante um ano e transportar no mesmo período mais de quatro milhões de passageiros.

Dados do empreiteiro chinês responsável pela obra, a empresa China Railway 20th Century Group Corporation, indicam que até Dezembro próximo os comboios do CFB deverão apitar na cidade do Huambo e em 2011 manobrar no Luau, província do Moxico. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH