Angola: Exportação de petróleo deverá crescer 14 por cento em Outubro e atingir novo recorde

19 August 2008

Lisboa, Portugal, 19 Ago – Angola deverá exportar 1,996 milhões de barris de petróleo por dia em Outubro, um novo recorde 14 por cento superior ao valor registado no mês homólogo de 2007, informou segunda-feira a agência noticiosa Bloomberg.

Citando o plano de vendas, a agência afirma que para o aumento contribuem principalmente a subida das exportações dos campos Mondo (mais 93,6 por cento, para 122,6 mil barris diários) e Cabinda (mais 29 por cento, para 245,16 mil barris).

Entre os novos campos a entrar em produção destaca-se o Saxi Batuque (Exxon Mobil), que em Outubro deverá representar um acréscimo de 92 mil barris exportados, esperando-se que até ao final do ano atinja os 200 mil barris, tal como o campo Mondo.

Entre os principais exportadores estão as multinacionais BP, Total, Chevron e Exxon Mobil.

Angola afirmou-se este ano como o maior produtor petrolífero da África sub-saariana, ultrapassando a Nigéria, cuja produção tem sido afectada por ataques de rebeldes às infra-estruturas produtivas, nomeadamente da Royal Dutch Shell.

O petróleo nigeriano é mais valorizado pelo mercado, porque é mais leve e tem menor teor de enxofre, enquanto Angola produz ramas mais pesadas e mais baratas.

Segundo estatísticas da BP, no ano passado Angola produziu 1,72 milhões de barris de petróleo, atrás dos 2,36 milhões de barris diários da Nigéria.

Em Junho a situação tinha-se invertido, com Angola a produzir uma média de 1,9 milhões de barris diários e a Nigéria apenas 1,84 milhões. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH