Angola: Caminho-de-ferro de Benguela dá formação profissional a futuros trabalhadores

11 September 2008

Luanda, Angola, 11 Set – O investimento de 2 mil milhões de dólares na reconstruçao do Caminho-de-Ferro de Benguela está a proporcionar emprego a jovens, estando 250 a frequentar diversos cursos de formação profissional, afirmou o director-geral da empresa, Daniel Quipaxe.

De acordo com o Jornal de Angola, Quipaxe disse acreditar que, com a circulação dos comboios do CFB, do Lobito ao Luau, província do Moxico, surgirão postos de trabalho para milhares de pessoas.

O responsável salientou que ao longo da linha férrea do Lobito ao Luau, numa extensão de 1314 quilómetros, serão erguidas mais de nove novas grandes estações que, além de facilitarem a movimentação de cargas diversas, também darão empregos à juventude.

O Caminho-de-Ferro de Benguela está paralisado há mais de trinta anos.

As obras de reconstrução do CFB estão a consistir na preparação da plataforma ou base, reposição de carris de dimensões internacionais, construção de novas estações de comboios com capacidade de manusearem centena de toneladas ao dia.

A desminagem de mais de 1314 quilómetros, já efectuada nos últimos anos, também avolumou os custos financeiros da recuperação do chamado Corredor do Lobito.

Depois de reconstruído, o CFB terá capacidade de movimentar vinte milhões de toneladas de carga diversa durante um ano e transportar no mesmo período mais de quatro milhões de passageiros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH