Moçambique: Banco Africano de Desenvolvimento garante 30 milhões de dólares para reparar barragem de Massingir

12 September 2008

Maputo, Moçambique, 12 Set – O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) vai contribuir com 30 milhões de dólares para a reparação da barragem de Massingir, província de Gaza, afirmou em Maputo a directora-geral da Administração Regional de Águas do Sul (ARA-Sul), Olinda de Sousa.

A barragem de Massingir foi objecto de obras de reconstrução no valor de 60 milhões de dólares dotando-a de capacidade para irrigar mais de 90 mil hectares no vale do Limpopo e produzir 25 megawatts de energia eléctrica.

As obras consistiram na construção de 85 poços de alívio, uma berma estabilizadora e de injeccões de impermeabilidade, para além de obras hidromecânicas, entre outras intervenções de vulto, e foram, igualmente, financiadas pelo BAD.

Um ano após a sua conclusão teve lugar uma ruptura numa conduta pelo que a barragem de Massingir está neste momento a fornecer água à bacia do rio Limpopo em quantidades que estão muito abaixo das suas capacidades, estando a própria sede distrital de Massingir a enfrentar uma grave crise de falta de água.

Olinda de Sousa disse à agência noticiosa moçambicana AIM que o dinheiro já colocado à disposição de Moçambique pelo BAD lhe parece insuficiente, tendo em conta o volume de trabalho que é preciso realizar para a reparação dos estragos.

No entanto, adiantou que enquanto não for efectuada uma investigação mais pormenorizada não se pode determinar o custo total da reparação dos estragos.

Olinda de Sousa disse ainda que uma equipa de especialistas moçambicanos e estrangeiros vai, em breve, iniciar a investigação dos principais estragos causados pela ruptura. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH