Moçambique: Linha férrea de Ressano Garcia já está a receber mais carga

19 September 2008

Maputo, Moçambique, 19 Set – A reconstrução da linha férrea de Ressano Garcia vai permitir que até ao final do ano sejam escoados para o porto da Matola um milhão de toneladas de magnetite provenientes da África do Sul, informou o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal adianta que antes da reconstrução da ferrovia, um projecto orçado em 20 milhões de dólares financiados pela empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), apenas 400 mil toneladas de magnetite podiam ser encaminhadas para a Matola.

Na quarta-feira, um comboio de 60 vagões rebocados por quatro locomotivas a vapor e carregados de 4500 toneladas de magnetite transitou por aquela ferrovia até ao terminal de carvão da Matola, marcando o primeiro teste à sua capacidade após a reconstrução.

De acordo com projecções dos CFM, em 2009 serão escoados 2 milhões de toneladas daquele minério, cifra que se espera venha a aumentar a cada ano, tirando proveito da capacidade confirmada com o trânsito, em condições de segurança, de uma composição com 60 vagões.

Aprovada no teste, a linha de Ressano Garcia passará a acomodar um tráfego semanal de pelo menos seis comboios de 60 vagões de magnetite, facto que, de acordo com Ricardo Dimande, director ferroviário da empresa, vai produzir um forte impacto no mercado regional, além de aumentar a confiança no seio dos utilizadores da via que mantinham alguma reserva em relação ao potencial daquele eixo ferroviário.

Ainda de acordo com Dimande, com a contribuição do novo comboio a quantidade de magnetite sul-africano transportado através da linha de Ressano deverá atingir um milhão de toneladas até finais do corrente ano, contando com as cerca de 530 mil toneladas feitas de Janeiro a esta parte.

Relativamente ao tráfego para o terminal de carvão da Matola, que além de magnetite inclui carvão mineral, a CFM estimam que até finais do ano sejam transportadas cerca de 2,5 milhões de toneladas daqueles minérios.

Em 2007, a linha de Ressano Garcia transportou 2 milhões de toneladas de carga, que, além de magnetite e carvão, incluiu o açúcar, citrinos, contentores, milho e ferro-crómio. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH