Macau: Guiné-Bissau quer atrair mais investimentos de empresários de Macau

22 September 2008

Macau, China, 22 Set – O presidente guineense, Nino Vieira, convidou sábado empresários de Macau a investirem na Guiné-Bissau lembrando que o seu país possuiu muito recursos naturais, entre eles petróleo.

“Nós não queremos só receber. Queremos dar também”, disse Nino Vieira, que esteve em Macau depois de uma visita a Pequim para fazer um balanço da cooperação sino-guineense e perspectivar o futuro.

Entre os projectos de apoio da China, Nino Vieira identificou o Palácio do Governo, o Palácio da Justiça, hospitais e o porto de pesca da capital como instrumentos fundamentais para o desenvolvimento dda Guiné-Bissau.

Nino Vieira disse ainda que deixou na China o convite aos empresários chineses para investirem na Guiné-Bissau, escolhendo as áreas que pretenderem explorar.

Nino Vieira destacou igualmente o papel de Macau no reforço da cooperação entre a China e a Guiné-Bissau tema aliás igualmente abordado pelo Secretário para a Economia e Finanças de Macau, Francis Tam durante um encontro com o presidente da Guiné -Bissau.

“Macau é uma plataforma em que se movimentam os cidadãos e empresários guineenses e de Macau. Macau quer ser uma plataforma pluricontinental para o desenvolvimento contínuo e mutuamente vantajoso das relações económicas e comerciais entre a China e os Países de Língua Portuguesa” disse Francis Tam.

Nino Vieira revelou, entretanto, à agência de notícias portuguesa Lusa em Macau que “a Guiné-Bissau já aprovou o investimento em biocombustíveis da Geocapital, a holding dos empresários Stanley Ho e Ferro Ribeiro, e está a estudar os pormenores do projecto”

Durante a sua estada em Macau, o presidente Nino Vieira nomeou o empresário John Lo como cônsul da Guiné -Bissau na Região Administrativa Especial de Macau.

O empresário de Macau, director da Sociedade Internacional Grupo Excelente, anunciou em Maio passado um investimento de oito milhões de dólares na construção de um hotel de 100 quartos.

John Lo, que tem investido na Guiné-Bissau desde 2001, em especial no sector agrícola, anunciou entretanto que está a preparar uma missão comercial de Macau que deverá visitar Bissau em Outubro deste ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH