Brasil: Mota-Engil quer constituir no Brasil um “pólo de internacionalização” nas Américas

25 September 2008

São Paulo, Brasil, 25 Set – O grupo Mota-Engil pretende constituir no Brasil um “polo de internacionalização” nas Américas, ao lado do México e do Perú, afirmou quarta-feira em Sao Paulo o seu presidente, Jorge Coelho.

Coelho, que passou os últimos dias no Brasil numa série de contactos com autoridades locais, adiantou à agência noticiosa portuguesa Lusa que o grupo avalia oportunidades de negócios nos sectores de águas e resíduos, portos e concessões, designadamente rodoviárias.

Jorge Coelho salientou que o grupo português já está presente no México, onde constrói uma auto-estrada e participará de um concurso público para obras de um porto, e também no Peru, onde detém uma empresa no sector de mineração.

O responsável não avançou o volume de recursos que o grupo português planeia investir no Brasil mas realçou que uma das áreas de arranque deverá ser a concessão de auto-estradas no Estado de São Paulo.

“Vir para o Brasil já é uma decisão tomada e estamos agora a negociar parcerias e acordos com empresas brasileiras”, limitou-se a dizer.

O primeiro passo do grupo na internacionalização para o Brasil será a abertura de um escritório em São Paulo e a constituição da Mota-Engil Brasil, que terá uma estrutura de negócios semelhante ao grupo em Portugal.

Nos últimos dias, a delegação da Mota-Engil, chefiada por Jorge Coelho, reuniu-se em Brasília e em São Paulo, com diversas autoridades, empresários e bancos de investimentos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH